O Habitat que deitamos fora!
Mai8

O Habitat que deitamos fora!

Nem sempre a natureza se adapta aos obstáculos nós humanos lhe colocamos. Muitos dos resíduos que deixamos na praia vão parar ao oceano, aumentando os nossos vestígios neste local maravilhoso. Para além da responsabilidade individual, alguns municípios também não investem muito nas acções de limpeza dos areais, aumentando este problema. Com esta imagem pretendemos mostrar que a Natureza tem de arranjar maneira de sobreviver perante toda a poluição. É o caso destes bivalves que encontraram o seu Habitat numa garrafa de vidro que o ser humano considerou inútil. É no fundo uma mensagem de esperança para a excelente capacidade de adaptação dos seres vivos, embora esta não seja infinita… Devemos intervir! E uma forma de o fazer é organizar campanhas de limpeza de praia, aumentar a fiscalização dos infractores e sensibilizar as pessoas para esta problemática, que é, no fundo, o que esta fotografia pretende fazer.

Saber mais
Apanha de lixo na Praia da Foz do Lizandro (Ericeira)
Mai6

Apanha de lixo na Praia da Foz do Lizandro (Ericeira)

Na limpeza participaram mais de 80 pessoas! Os participantes aperceberam-se da quantidade absurda do lixo que, ao fim de 1h de trabalho conseguiram juntar. Sou a Beatriz Andrade, tenho 14 anos e a minha mãe e amigos juntaram-se a esta limpeza. Esta imagem é assustadora e chama muito a atenção dos problemas ambientais que existem. Entre este lixo marinho encontravam-se muitas redes de pesca, plástico (o habitual “vilão”: palhinhas, copos..), vidro e muito mais … Que pena esta ser a realidade das nossas praias!

Saber mais
Herança
Abr29

Herança

O tempo médio de vida do ser humano é de 79 anos. Em contrapartida, o tempo de decomposição do plástico é, em média, de 300 anos. Questiono se, esta será a “herança” que os cidadãos ambicionam deixar às gerações futuras. Cabe-nos pensar que o Planeta, pode não aguentar e deixar de permitir a existência de vida. O uso excessivo de plástico afeta toda a Humanidade, e por isso cabe-nos repensar e mudar hábitos.

Saber mais
Lixo ao Mar?
Abr13

Lixo ao Mar?

Será este o nosso futuro ou“não futuro”?…

Saber mais
A track of trash was pushed onto Vila Nova de Gaia beaches by the storm Helena
Abr12

A track of trash was pushed onto Vila Nova de Gaia beaches by the storm Helena

The storm Helena, felt in Portugal on 1st February 2019, produced heavy winds up to 110 kilometres an hour and provoked the agitation of the sea. The effects of the storm were visible on the littoral coast, with the destruction of the gangways and piles of marine litter on the beach. The city of Vila Nova de Gaia, wasn’t an exception, as we can see in the pictures of Madalena beach. In all that litter, there is one item more common than any other: plasticus maritimus, an “invasive specie”, as Ana Pêgo refers to. According to The National Geographic, it is estimated that about 8 million tons of plastic is washed down by the rivers and ends up in the ocean. Plastic can take centuries to decompose, and it is responsible for the death of million marine species. Every year, nearly 700 species can be affected by it.

Saber mais
Se o Mar engolir mais plástico, o Planeta terá um fim drástico
Abr12

Se o Mar engolir mais plástico, o Planeta terá um fim drástico

Esta fotografia foi elaborada no âmbito do concurso “Planet or Plastic” da National Geographic, promovido pelo programa Eco-Escolas. Este trabalho foi realizado pelos alunos do 10ºBCT Francisco Magusto, Inês Lopes, Leonor Fernandes e Maria Fernandes da …

Saber mais