O grito de uma geração por um futuro sustentável
Set29

O grito de uma geração por um futuro sustentável

Em Braga, segundo a Lusa manifestaram-se “mais miúdos que graúdos”, gritando por medidas “urgentes e eficazes” contra a crise ambiental e a “possibilidade de terem um futuro”. No que é a terceira greve climática em Portugal, marcada em cerca de 30 localidades de todo o país, sentiu-se uma onda crescente na participação dos estudantes, aos que se juntaram outros elementos da sociedade.

Saber mais
EPRALIMA assinala o dia 27 de setembro com bandeira verde!
Set29

EPRALIMA assinala o dia 27 de setembro com bandeira verde!

Os alunos da Epralima hastearam, no passado dia 27 de setembro, a bandeira da Eco Escola a meia haste no âmbito da “Greve Climática Global” convocada por Greta Gutenberg durante a Cimeira da Juventude em Nova Iorque. A bandeira permanecerá hasteada até dia 30 de setembro como símbolo de pesar e alerta para a urgência de implementação de medidas, tendo em vista a minimização dos impactos ambientais provocados. A EPRALIMA organizou igualmente uma Assembleia de Escola onde foi debatida a problemática e foi feita a recolha de opiniões/sugestões que serão posteriormente entregues ao Presidente da Câmara Municipal de Ponte da Barca. Durante o dia de sexta-feira, um pouco por todo país, os jovens manifestaram a sua preocupação com o futuro do nosso planeta e exigiram medidas imediatas que ponham fim à continuidade deste desastre ambiental.

Saber mais
Cimeira de Ação Climática das Nações Unidas
Set27

Cimeira de Ação Climática das Nações Unidas

A Cimeira de Ação Climática das Nações Unidas de 2019 foi uma reunião convocada pelo secretário-geral da ONU, António Guterres, onde se encontraram representantes de vários países e que foi realizada na sede da Organização das Nações Unidas (ONU) em No …

Saber mais
“Dark Skies Rangers contra a Poluição Luminosa!”
Jul15

“Dark Skies Rangers contra a Poluição Luminosa!”

Imagens captadas pela Estação Espacial Internacional (ISS) colocaram em evidência a dimensão global da poluição luminosa. A Terra que os astronautas vêm do espaço à noite parece uma autêntica árvore de Natal. Cidades, vilas e até aldeias em todo o mundo enviam demasiada luz artificial para o céu. Neste vídeo diverti-me a fazer de conta que era um astronauta a viajar na ISS, querendo mostrar que o problema da poluição luminosa é muito real e afeta todo o mundo. O principal objetivo foi estimular os jovens a integrarem o movimento internacional Dark Skies Rangers para combaterem este problema global, que, para além de nos impedir de ver o esplendor do céu estrelado, tem muitas outras consequências negativas. O vídeo foi realizado com imagens captadas pela própria ISS e com recurso à aplicação CyberLink YouCam. A montagem foi realizada no programa Movie Maker.

Saber mais
Alunos do 8º ano , do ecoescolas,  avaliam o estado ecológico  da praia de VRSA e promovem limpeza.
Jul10

Alunos do 8º ano , do ecoescolas, avaliam o estado ecológico da praia de VRSA e promovem limpeza.

Os alunos da Escola Secundária de VRSA, foram recentemente realizar uma saída de campo na praia de VRSA, caminho dos três pauzinhos. Registaram alguns problemas ambientais tais como: a pressão antrópica , o turismo desenfreado que quer ocupar o litoral de VRSA, promovendo um “privataria” (privatização) em toda a praia, A venda do litoral é uma realidade em Monte Gordo, esperamos que o plano de ocupação, respeite o equilíbrio ambiental da bonita praia dos três pauzinhos e que a ocupação não se verifique. A praia neste momento está livre de plástico, tem plantas autóctones da região dunar, reconhecendo-se uma típica sucessão ecológica, mas atenção porque os turistas só agoram começam a chegar. Esta praia possui águas calmas e é sossegada, é protegida por associações ambientais de cidadãos que defendem esta maravilha natural do município. No final fomos todos provar a água quentinha e houve muita brincadeira à mistura. Missão realizada com muito sucesso, a limpeza da praia cumprida.

Saber mais
O futuro submerso no reflexo da água
Jun15

O futuro submerso no reflexo da água

O ritmo crescente da acelerada elevação do nível dos oceanos está a por em causa populações, infraestruturas, edifícios e ecossistemas da nossa orla costeira. O aumento global do nível das águas do mar não está a avançar a um ritmo constante. Em vez disso, a cada ano, o aumento do nível dos oceanos tem vindo a acelerar. Há estudos que indicam, caso o ritmo atual se mantenha, os oceanos podem estar, em média, 66 centímetros mais elevados até ao final do século, afundando o nosso futuro.

Saber mais