Tema JRA: Biodiversidade e Floresta

Miguel Nóvoa: êxodo urbano e a salvação do Burro de Miranda

Invulgar foi o percurso que o veterinário Miguel Nóvoa fez durante a sua vida, inverso à maioria dos portugueses, saiu do litoral para o interior de Portugal, em função de uma proposta de trabalho num projeto com o objetivo de proteger a extinção do Burro de Miranda. Esta é a história de uma pessoa que, apesar do reduzido apoio, dedicou a vida a salvar uma espécie animal.

Biodiversidade sucede à poluição nos afluente do rio Tejo

Biodiversidade sucede à poluição nos afluente do rio Tejo

No rio Judeu e no rio Trancão, dois afluentes do rio Tejo, apesar de antigamente poluídos devido às atividades praticadas ns suas margens e que promoviam descargas frequentes nos seus leitos, têm vindo a observar-se um aumento da biodiversidade.
O rio Trancão, devido às descargas de poluentes, possuía mau cheiro e uma cor escura, situação que se alterou com a Expo’98, com a chegada da Estação de Tratamento de Águas Residuais. No rio Judeu, a poluição era proveniente, essencialmente, da prática agrícola e também tem vindo a verificar-se melhorias significativas ao longo dos anos.

Atividade humana é fator de risco para os golfinhos do Estuário do Sado

Atividade humana é fator de risco para os golfinhos do Estuário do Sado

A Reserva Natural do Estuário do Sado é constituída por 23971 hectares, junto a Setúbal, Alcácer do Sal, Grândola e Palmela. Inclui um troço de rio, sapais, bancos de vasa e areia, salinas desativadas, praias e dunas costeiras, preservadas pela Reserva Botânica das Dunas de Tróia, bem como pinhais e áreas agrícolas. Esta vasta área tem especial importância para as aves aquáticas constituindo uma das três mais importantes zonas húmidas portuguesas. Aqui reside uma das três populações de golfinhos roazes-corvineiros da Europa. Esta população tem sido cada vez mais afetada pela poluição e pelas atividades humanas, sendo vítima de redes e até de possível extinção em Portugal.

Insetos são recurso para o tratamento de resíduos orgânicos e produção de composto

Insetos são recurso para o tratamento de resíduos orgânicos e produção de composto

A prática agrícola tem um enorme impacto sobre o ambiente, principalmente sobre os solos, a vegetação e a qualidade das águas, afetando diretamente a saúde humana. Com a evolução da agricultura e com o aumento da população mundial, a fertilização química tornou-se um dos métodos com maior sucesso, mas a sua utilização excessiva acarreta vários problemas. Com o intuito de minorar as consequências prejudiciais associadas ao uso constante de fertilizantes químicos, têm sido investigadas soluções alternativas aos mesmos, por exemplo, os fertilizantes orgânicos ou biofertilizantes, produzidos com recurso a insetos e larvas de insetos.