Todo o resíduo tem um destino adequado… AQUI NÃO!

Em Portugal não existe um sistema coletivo de gestão de resíduos de construção e demolição, não havendo, por isso, uma entidade gestora deste fluxo de resíduos, cabendo o seu encaminhamento para destino adequado aos respetivos produtores, com todos os custos que lhe estão associados

De acordo com informação veiculada pela Agência Lusa, a Câmara Municipal de Loures reconhece este problema anunciando que irá reforçar a fiscalização, adquirindo mais viaturas e criando um Ponto Municipal de Entrega de Resíduos, na expectativa de assim promover a diminuição deste tipo de infrações.

 

Alunos envolvidos no projeto: Catarina Duarte de Freitas; Eduarda Rodrigues; Sérgio Santos

Escola: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa

Data: 07.06.2019

Partilha esta reportagem em