Energia: um problema, uma solução


Energia 

Um problema, uma solução

No dia a dia o termo energia está associado a gastos monetários e perdas de qualidade de vida, tanto para a população e para o ambiente. Um bom exemplo disso são os consumos associados à iluminação pública.

Para solucionar este problema, podem usar-se fontes de energia renováveis (energia solar, eólica, hídrica,) e lâmpadas com menor consumo (LED).

Um problema:

Como já referimos, existe um grande gasto de eletricidade em todas as cidades em Portugal e Ílhavo não é uma exceção. Por exemplo, basta sair um pouco à noite e reparamos em ruas totalmente desertas por horas onde existem inúmeros postes de iluminação acesos ou então na nossa própria casa onde deixamos luzes acesas mesmo quando não as estamos a utilizar.

Sugestão de solução:

Após refletirmos um pouco chegamos a diferentes hipóteses de solução:

– Continuar a substituir lâmpadas antigas por lâmpadas com um consumo elétrico menor;

– Aplicar tecnologia de energia renovável fotovoltaica, nomeadamente luzes usadas nas passadeiras, nos postes de iluminação pública e nas casas de modo a acumular energia durante o dia, o que levaria a um menor gasto elétrico de noite;

Aplicar sensores de movimento nos postes de iluminação em sítios menos movimentados para evitar que as luzes estejam ligadas enquanto não existe ninguém por perto;

– Sensibilizar o maior número de famílias possível para haver um menor gasto de energia ao nível doméstico.

This slideshow requires JavaScript.

 

 

Alunos envolvidos no projeto: Guilherme Santos; José Pedro Silva; Manuel Resende; Samuel Verdade; Tomás Oliveira

Escola: Escola Secundária Dr. João Carlos Celestino Gomes

Data: 13.05.2019

Partilha esta reportagem em