A magia da fotografia

DSC-0012-1

A fotografia, foi tirada no âmbito da preservação e conservação da floresta, em geral, do Pinhal do Rei, em particular.

O gosto pela fotografia leva‐me a procurar os cantos mais recônditos do Pinhal do Rei, um ex‐libris do nosso conselho, onde a natureza, sobranceira ao mar, se apresenta em estado selvagem, extraordinariamente verde e donde emerge o Ribeiro de S. Pedro de Moel.

Este ribeiro apresenta características únicas no nosso país, visto que se trata de um local muito interessante para várias espécies de fauna e flora. Ele atravessa a mata nacional de Leiria donde sobressaem o pinheiro bravo, algumas manchas de matagal e uma vegetação ripícola que cresce ao longo das suas margens representando habitats imprescindíveis para o abrigo e sobrevivência de várias espécies de mamíferos, principalmente roedores, os quais servem de base alimentar para a comunidade de carnívoros ali existente.

Data: 24 de maio de 2015

Local: Ponte Nova, concelho da Marinha Grande

Máquina Fotográfica: Nikon D3200

Especificações: Distância focal 18 mm; ISO200; Abertura 3.5 ; tempo de exposição 1/40 seg

The S. Pedro de Moel creek, in Pinhal do Rei, Leiria is a unique place with high interest for biodiversity, an ex-libris of our municipality where nature, overlooking the sea, is present in the wild, remarkably green and luxuriant.
This river has unique characteristics in our country, since it is a very interesting place for various species of fauna and flora. It crosses the national forest of Leiria and in this ecosystem it can be found protected species like the European otter and the ruivaco an endemic portuguese fish to which the otter feeds from. Regarding the fauna it can be found the Black Alder, the black poplar, the willow and the Alder Blackthorn. Parallel to other areas of the Pinhal do Rei Forest, the Australian Blackwood, the Silver Wattle and the Black Locust have spread widely, contributing to the degradation of this ecosystem.

 

Alunos envolvidos no projeto: Sara Soeima

Data: 28.09.2015

Partilha esta reportagem em