A água na Fábrica Renova

As fábricas também se preocupam com o meio ambiente!


Quem ouve falar na fábrica da Renova, calcula que a pasta de papel seja a principal matéria-prima nesta atividade que se destina à produção de papel (higiénico, absorvente…) mas não! A água é, também, um bem necessário neste ramo estando presente em todas as fases de produção. Vejamos, por exemplo, o uso da água na fase de elaboração da pasta de papel a partir de papel velho. Após a captação da água que converge do maciço da Serra de Aire e Candeeiros esta é usada, na desagregação do papel, na separação de resíduos, no controlo da consistência da pasta, no processo de lavagem, flotação e branqueamento. Para reduzir o desperdício da água, esta é distribuída por dois circuitos: um para água mais contaminada, que segue para tratamento em ETAR e posterior descarga no rio; outro para água mais limpa que será reintroduzida no processo.

Graças a todos estes cuidados com a água, por cada tonelada de pasta reciclada produzida serão apenas precisos 5 metros cúbicos deste recurso. Visto desta forma, o que vos parece? Não está a Renova a fazer um excelente trabalho?

 

Alunos envolvidos no projeto: Ana Manuel Correia/Pedro Henriques

Escola: Escola Superior de Educação de Santarém

Data: 06.12.2019

Partilha esta reportagem em