Um património Português

O dia da floresta autóctone é comemorado no dia 23 de novembro e tem como objetivo promover a divulgação da importância da conservação das florestas, sendo o dia mais adaptado às condições climatéricas para a plantação de árvores.

A floresta autóctone é uma floresta de árvores originárias do próprio território e assume uma grande importância a vários

Img. 1- O carvalho está integrado nas várias árvores que pertencem à floresta autóctone. Foto: Luísa Veríssimo

níveis. Para além do seu valor intrínseco, a floresta autóctone é relevante não apenas ao nível ambiental e ecológico mas também a nível económico e social.

Cerca de 38% do território continental português é constituído por área florestal, representando uma mais-valia para a conservação da natureza e biodiversidade.

Para aprofundar mais este assunto, uma dupla de alunas da Esag deslocou-se até ao Parque da Lavandeira, em Gaia, onde entrevistou o Sr. Manuel Silva, responsável pelos espaços verdes do parque, o qual esclareceu que uma espécie autóctone cresce de um ano para o outro mais ou menos 50cm a 1m de altura. Segundo ele, as espécies autóctones são muito importantes para nos dar os vários recursos de que necessitamos.

Em Portugal, há várias árvores que estão integradas na floresta autóctone, como é o caso do carvalho, do medronheiro, do castanheiro, do loureiro, da azinheira, do sobreiro, da oliveira, etc. Estas espécies localizam-se principalmente a Norte (árvores de folha caduca), mas também a Sul (árvores de folha perene).

Esta entrevista permitiu-nos, de uma forma rápida, ficar a entender a importância de preservarmos a floresta autóctone e as suas espécies.

Esta entrevista, que a seguir se reproduz, decorreu no dia 5 de junho e, consta de um conjunto de três questões, previamente preparadas, e que se consideram fundamentais.

Entrevista:

O que entende por floresta autóctone?

A floresta autóctone é o conjunto de plantas que são características de um país ou zona.

Para si qual é a importância da existência de espécies autóctones no nosso país?

A importância da existência de espécies autóctones no nosso país é fundamentalmente garantirem a biodiversidade, permitirem manter as características do local e fornecerem recursos aos seres vivos que lá habitam e até ao homem.

Aproximadamente, quanto tempo dura uma espécie autóctone?

Uma espécie autóctone dura muito tempo, entre 10 a 20 anos, e a maior parte das vezes demora essa tempo a ter portes grandes e visíveis.

Conclusão

A realização desta reportagem permitiu-nos concluir que devemos dar muita importância à floresta autóctone e a todas as suas espécies, por várias razões:

– Estão adaptadas ao solo e ao clima, por isso resistem mais a longos períodos de seca ou de chuva intensa;

– Ajudam a manter a fertilidade do espaço rural, facilitam a reprodução de espécies animais e proporcionam lugares de refúgio;

– Contribuem para a redução do efeito de estufa;

– Regulam o ciclo da água e a sua qualidade;

– Resistem aos incêndios florestais;

Uma adequada conservação, promoção e gestão destes recursos naturais é essencial de modo a garantir não apenas a sua preservação como providenciar o bem-estar e o desenvolvimento socioeconómico nas diversas regiões do nosso território.

 

Alunos envolvidos no projeto: Mara Rafaela Mota Cancela Silva; Luísa Monteiro Mendonça Veríssimo

Escola: Escola Secundária Almeida Garrett

Data: 19.06.2017

Partilha esta reportagem em