Apesar de a bicicleta, ser um transporte conhecido por todos como não poluente, apenas 0,5% da população portuguesa utiliza-a para se deslocar, optando pelo carro, que é altamente prejudicial para o meio ambiente.


 

Porquê andar de bicicleta?

A bicicleta é um meio de transporte bom para a Natureza, mas porquê?

Este meio de transporte para além de trazer vários benefícios para a saúde como a melhoria do sistema respiratório, através da prática de exercício físico, esta também não polui o ambiente.De facto, a bicicleta não necessita de qualquer tipo de combustível, logo não emite gases nocivos, como o dióxido de carbono, para a atmosfera. Além disso, poupa-se bastante dinheiro, uma vez que não precisa de gastar em combustíveis  que provém do petróleo e em manutenções que são obrigatórias nos carros.

Por fim, apesar de muitos ciclistas precisarem de comprar mais de uma bicicleta dependendo do tipo de uso, como de montanha ou cidade, os custos são bastante menores comparado aos dos automóveis.

 

Pedalar em portugal é seguro?

Segundo o jornal “Observador” o uso da bicicleta em 2017 causou 21 mortes, 116 feridos graves e mais de 1500 feridos ligeiros só em Portugal.Porém, estes números têm vindo a diminuir através de regras de  condução e construção de ciclovias.Após uma entrevista com Fe

lipe Magalhães, um ciclista do Porto, foi possível concluir que a população em geral, não está bem informada em relação a este tema.

As ciclovias em Portugal têm vindo a aumentar, contando já com 63 Km só no Porto.Através do contacto com a câmara do Porto, foi possível saber que apesar de 0,5% da população portuguesa utiliza a bicicleta para se deslocar, a câmara tenciona aumentar as ciclovias no Porto e melhorar a conectividade, ou seja, criar ligações entre as várias ciclovias independentes.

 

A indústria da bicicleta em Portugal.

Ao contrário do que muitos pensam, a criação de bicicletas é uma tradição, deveras antiga em Portugal.”Bicicletas Andrade e Filho”,em Aveiro,e “Bicicletas todo o terreno”,contam com mais de 20 anos de experiência nesta indústria, o que juntamente com mais 100 empresas, posicionam Portugal em terceiro lugar no Ranking Europeu de países com maior de produção.Para além disso, Porto encontra-se em segundo lugar em relação a empresas de bicicletas de Portugal, com 12 empresas, atrás de Aveiro, com 23 empresas.

 

Fontes:

Ciclóvia

Renascença

 

Alunos envolvidos no projeto: Gonçalo Alves; Leonardo Wright; Raul Araújo

Escola: Externato das Escravas do Sagrado Coração de Jesus

Data: 31.05.2019

Partilha esta reportagem em