O sobe e desce em Viseu

Segundo o responsável pelo Plano de Reabilitação Urbana de Viseu, Fernando Neves Marques, na palestra do Seminário Nacional de Jovens Repórteres para o Ambiente, está previsto a utilização de veículos autónomos, com funcionamento de 24 horas por dia.


Inquirida a população de Viseu que se desloca, da parte baixa para a parte alta da cidade, concluiu-se que a maioria se desloca em viatura própria. As três principais razões da não utilização dos transportes públicos prende-se com o custo excessivo, a reduzida frequência e a falta de alternativas.

De acordo com o vereador da mobilidade e ordenamento do território, este mostrou-se preocupado com a situação, mas declarou que a autarquia já encontrou uma solução para reduzir o problema. A partir de 2019 entrarão em funcionamento dois autocarros autónomos com capacidade para 24 passageiros, a circular 24 horas por dia com intervalos de 10 minutos.

Estes veículos permitirão à autarquia uma redução do ruído, de despesas e uma melhoria em termos de satisfação e qualidade de vida da população com a redução de 5 mil toneladas de emissão de dióxido de carbono.

Compensará o investimento, tendo em conta a densidade populacional?

 

Alunos envolvidos no projeto: Grupo P - Carla Dilar; Clarisse Sequeira; Júlio Dinis; Maria Alice Sousa; Maria José Silva; Paulo Sousa; Teresa Pacheco

Data: 16.11.2018

Partilha esta reportagem em