O regresso do Abutre Preto a Portugal – o esforço conjunto de uma comunidade científica.

A natureza é um sistema em equilíbrio que depende da interdependência entre as espécies. A extinção de uma espécie afeta muitas outras e, a médio ou longo prazo, pode ter um impacto negativo sobre os seres humanos. O Abutre-Preto, característico da Península Ibérica, desapareceu dos campos de cortiça e carvalho portugueses durante quarenta anos. Os esforços conjuntos dos conservacionistas parecem ter resultado no seu retorno. Um golpe de sorte ou uma realidade?