O Caminho do lixo no Concelho de Sintra

Todos os dias o nosso concelho produz toneladas de resíduos que são recolhidos pelos SMAS (Serviços Municipalizados de Água e Saneamento de Sintra) e mais tarde reciclados em novos produtos ou compostagem.


Agualva-Cacém

A origem de um número elevado de resíduos é consequência de um crescimento demográfico desorganizado ocorrido durante os anos 70, que provocou uma grande densidade populacional e por sua vez um crescimento do consumo de produtos tendo levado ao aumento de produção de resíduos, na maior parte do concelho de Sintra, em especial a na cidade Agualva-Cacém.

TratoLixo

No nosso concelho são recolhidas 32 toneladas de resíduos por cada camião todos os dias. Grande parte dos resíduos recolhidos vão para o Tratolixo e só depois de uma seleção seguem uma estação de reciclagem de resíduos onde 96% destes são reciclados e apenas 4% eliminados, o que revela a eficácia dos serviços responsáveis pelo tratamento de resíduos. Contudo, por vezes, a recolha de lixo nem sempre é eficaz, uma vez que, há poucos recursos disponíveis para a coleta total de resíduos o que leva à demora da mesma e consequentemente uma deterioração da qualidade de vida da população envolvente devido ao perigo da exposição destes.

Para que estes resíduos ganhem uma nova vida, é necessário alguém para o fazer…

Os Homens do Lixo!

Mural dos SMAS

Estes homens têm um dos trabalhos mais importantes em manter o equilíbrio das cidades, uma vez que, sem eles viveríamos numa autêntica lixeira. Os homens do lixo são os principais responsáveis pela recolha do lixo e por seguinte tratam da reciclagem de todos os resíduos produzidos por nós. Apesar de a resposta ao nosso concelho não ser a mais eficaz estes homens trabalham arduamente para manter os ecopontos e o lixo residual sempre vazios.

Mural dos SMAS

Decidimos  perguntar a alguns cidadãos da nossa cidade o que achavam do serviço da SMAS relativamente a recolha de lixo. Cerca de 75% dos inquiridos responderam positivamente, apesar de considerarem que inicialmente a empresa fez uma má gestão dos recursos. No entanto, cerca de 25% dos inquiridos responderam negativamente ao mesmo, justificando a sua opinião com a acumulação de lixo na rua e a sujidade da mesma. Não obstante, o trabalho da SMAS e dos seus empregados é fundamental para a estabilidade da cidade resultando numa melhoria qualidade de vida dos seus cidadãos, permitindo um desenvolvimento sustentável.

 

Alunos envolvidos no projeto: Mariana Damião e Tiago Campos

Escola: Escola Secundária de Ferreira Dias

Data: 03.04.2018

Partilha esta reportagem em