De verde, pela Greve Climática Global

No Agrupamento de Escolas de Paço de Sousa, aderimos à Greve Climática Global, envolvendo também a comunidade Educativa


Na quinta-feira, dia 26 de Setembro, assinalámos a nossa adesão à “Greve Climática Global”, movimento iniciado pela sueca Greta Thunberg e que agora tem impacto mundial.

Este movimento ficou conhecido como greve climática global porque começou a greve da Greta Thunberg às aulas para se manifestar-se contra a falta de ações  dos governantes no combate contra as alterações climáticas

No Agrupamento de Escolas de Paço de Sousa, propusemos a todo o Agrupamento e também à Comunidade Educativa que, nesse dia, vestissem de verde como forma de sensibilização e de manifestarem a sua adesão a esta causa.

Na EB 2,3 realizou-se um cordão humano à volta da escola com em que as pessoas, vestidas de verde, sublinharam a adesão a este movimento, o qual exige ações contra as alterações climáticas. Toda a escola deu as mãos dizendo que “não há planeta B” e declamaram-se alguns poemas relacionados com a natureza. Foram também elaborados e empunhados cartazes temáticos de “intervenção”.

Na biblioteca realizaram-se sessões em que se discutiram ideias sobre o que cada um pode fazer no seu dia de modo a melhorar o clima, tais como o uso de transportes públicos ou de bicicletas, separação e redução de resíduos, entre outros.

Foi assim uma forma de consciencializar para esta temática e para a urgência da mudança de comportamentos quotidianos em prol da sustentabilidade da Terra

 

Agrupamento de Escolas de Paço de Sousa

Alunos do 7º A

 

 

Alunos envolvidos no projeto: Alunos do 7ºA - AGPSOUSA

Escola: Agrupamento de Escolas de Paço de Sousa

Data: 07.11.2019

Partilha esta reportagem em