BIODIVERSIDADE NAS CIDADES

Tendo em conta que biodiversidade expressa a variedade de seres vivos existentes num determinado ambiente, podemos dizer que nas cidades como aquela que habitamos, os seres vivos não coexistem no nosso dia-a-dia. Agualva-Cacém é uma das maiores cidades no nosso país e tem cerca de 82 mil habitantes. Com a quantidade de infraestruturas e elevada concentração de população, esta cidade possui problemas urbanísticos devido ao crescimento desordenado e pouco cuidado com o património ambiental local. Para poder resolver estes problemas foi implantado o Programa Polis (programa de requalificação das cidades europeias) com vista à requalificação da cidade e melhoria da qualidade de vida da população que a habita. Apesar da intervenção do Programa Polis, Agualva-Cacém ainda carece de espaços verdes e existência de biodiversidade. Tal como Agualva-Cacém, outras cidades no nosso país têm falta de biodiversidade devido à sobrelotação de infraestruturas e serviços.


Barcarena

A menos de 3km, na freguesia de Barcarena, no concelho de Oeiras, verifica-se que existem espaços verdes, maioritariamente usados para a agricultura e jardins, alternados com prédios e serviços.

Barcarena tem menos de metade da dimensão e população de Agualva-Cacém e, por não se tratar de uma cidade, não tem ao dispor da população a mesma quantidade de infraestruturas e serviços. No entanto, a qualidade de vida e o contacto direto com a natureza é melhor para a população que a habita.

Viver na periferia de uma grande cidade requer o uso de transportes por não ter a acessibilidade que o centro da cidade tem, tendo essa desvantagem, ou seja, maior parte da população que habita estas áreas desloca-se à cidade para trabalhar durante o dia e volta no final do mesmo.

Uma cidade como Agualva-Cacém atrai a população devido à oferta de serviços e meios de transporte, fácil acessibilidade a oferta de emprego. Porém, para a população que habita na cidade, a qualidade de vida não se torna melhor pois com o stress do dia-a-dia, são poucas as oportunidades que a cidade oferece para se ter contacto com o meio ambiente e os seres vivos.

Agualva-Cacém

Como podemos ver na imagem, a cidade de Agualva-Cacém corresponde a um aglomerado urbano que cresceu muito rápido em poucas décadas causando a sobrelotação das infraestruturas das quais se espera satisfazer as necessidades de toda a população da cidade.

Todas as cidades carecem em biodiversidade e espaços de lazer o que, apesar de indiretamente, afeta a qualidade de vida da população.

 

Problemas ambientais de Agualva-Cacém:

  • Falta de planeamento do território;
  • Crescimento rápido e desordenado da cidade;
  • Sobrelotação das infraestruturas existentes;
  • Falta de manutenção dos equipamentos;
  • Congestionamento do trânsito;
  • Poluição sonora e atmosférica;
  • Falta de espaços verdes e redução da biodiversidade;
  • Acumulação de grandes quantidades de resíduos devido à elevada densidade populacional.

 

 

Alunos envolvidos no projeto: Marisa Ferreira

Escola: Escola Secundária de Ferreira Dias

Data: 03.04.2018

Partilha esta reportagem em