O projeto social global do Rock in Rio Lisboa, coordenado por Dora Palma, detém o objetivo de reflorestar aquele que é o Pulmão do Mundo, a Amazónia.


_1090495O Rock in Rio é um festival de referência a nível mundial que assenta nos princípios de sustentabilidade e preservação do ambiente. É, por isso, um veículo de comunicação de emoções e causas “para um mundo melhor”.

O Amazonia Live é um novo e importante projeto social do Rock in Rio (RIR) Lisboa 2016, que tem como objetivo fazer reaparecer a vida da floresta amazónica. Segundo a Rede Amazónica de Informação Socio-ambiental Geo-rreferenciada (Raisg), só nos últimos 36 anos cerca de 18% da Amazónia foi desmatada, uma situação que tende rapidamente a agravar-se e sob a qual urge atuar.

Sob o mote “Mais do que Árvores, Vamos Plantar Esperança”, o projeto Amazonia Live pretende mobilizar a população a abraçar esta causa e a contribuir para o objetivo definido para os próximos três anos: plantar 1 milhão de árvores até 2019.

Como alcançar este objetivo?

Através do estabelecimento de um conjunto de parcerias com associações nacionais como a Quercus, em Portugal, a Funbio e o ISA no Brasil, o  RIR promove campanhas de angariação de verbas, nomeadamente com recurso a fundos decorrentes de leilões de guitarras autografadas, usadas pelos músicos em edições anteriores. Para além disso, a população em geral pode contribuir com donativos diretos e também com a compra de pulseiras.
No Rio de Janeiro, é ainda aplicado um valor acrescido ao preço dos bilhetes, que reverterá a favor desta causa.

Além da Amazónia…
O Amazonia Live já contribuiu para a reflorestação de outros territórios. “Já reflorestámos várias áreas em Portugal, Pampilhosa da Serra, Tapada Militar de Mafra. Já reflorestámos nos Estados Unidos, na Califórnia (…), temos vários projetos que vão acontecendo”, assegurou Dora Palma, coordenadora do Projeto Social do RIR na véspera da  abertura da edição de 2016.

Qual a efetiva mais-valia deste Projeto?
Reflorestar, e fazê-lo de forma sustentável e responsável, é apenas o ponto de partida. Para que o objetivo do Amazonia Live seja efetivamente alcançado é fundamental assegurar que são levadas a cabo ações de monitorização e avaliação do sucesso das plantações. O acompanhamento eficaz do processo de reflorestação não é fácil e coloca algumas questões, sobre as quais importa refletir: Qual a melhor forma de planear o processo de reflorestação? Como quantificar os seus resultados práticos?

Não há mais dúvidas sobre a importância das florestas para o equilíbrio ecológico do planeta e a saúde das economias nacionais, contudo, interesses políticos e económicos sobrepõem-se de forma sistemática. Ainda que persistam a ocorrência de impedimentos, retrocessos e resistências, projetos como o Amazonia Live já são um pequeno grande passo no sentido da sustentabilidade.

RIR por um mundo melhor, por uma Amazónia melhor!

 

Alunos envolvidos no projeto: Joshua Santos Catarina Neto Lisa Figueiras

Data: 19.05.2016

Partilha esta reportagem em