Ação de Limpeza do Rio Febros em Moure

Ação de Limpeza do Rio Febros em Moure

Esta foi a terceira etapa de uma tarefa que pretende limpar este afluente do Cávado, na nossa região e devolvê-lo à população com um aspeto muito melhor.

limpeza_febros3

Enquanto cidadãos, temos o dever de preservar a nossa única fonte de vida, o ambiente. Porém, isso não acontece e a poluição presente no Rio Febros é a prova viva disso na nossa região. Muito lixo, principalmente plástico, vem parar ao rio trazido pelo vento e enxurradas de inverno. No entanto, muito outro é por ação direta das pessoas, que fazem do rio um vazadouro.

Quando os mais de trinta participantes desta árdua missão chegaram aos locais definidos para cada grupo, deparam-se com imenso lixo, tanto no leito do rio como nas suas margens. Desde imensos plásticos presos na vegetação, a giletes, pneus, tecidos, fios elétricos, grelhas de fogões, tachos, panelas, material de tratamento médico (talvez de algálias) latas de refrigerantes, garrafas de vidro, de tudo se encontrou e retirou. Situações que acabavam por provocar momentos irónicos para muitas das pessoas que limpavam o rio, já familiarizadas com estes alimpeza_febros1-1.jpgchados, fazendo-as pensar no como é possível fazerem dos rios um caixote do lixo.

O rio Febros ainda é um rio vivo. Tem de ser limpo para evitar que as poucas espécies que lá habitam não morram ou desapareçam dele. Estas “missões” têm como objetivo limpar o rio Febros, uma vez que este se encontra em mau estado de conservação, e devolvê-lo à comunidade para que esta passe a cuidar melhor dele. Foi esta a forma que o município encontrou para promover o “Projeto Rios” nas nossas freguesias.

A ação foi dirigida especialmente para as associações locais, nomeadamente os escuteiros, e contou também com o apoio das Juntas de Freguesia e a divulgação da EB de Moure e Ribeira do Neiva, que também esteve representada na ação, pelo coordenador Eco-Escolas e um grupo de anos. Qualquer cidadão pode adotar um troço de rio e cuidar dele. Para tal, deve contactar com o pelouro do ambiente do município que o instruirá nesse sentido.limpeza_febros2.jpg

Depois desta missão, mais um troço do rio ficou obviamente mais limpo. Mas, dada a quantidade encontrada, o espaço percorrido foi curto. Pelo que, ficou combinado entre os presentes que haveria uma nova ação, no próximo dia 25. Os representantes da câmara municipal, através do eng. Adelino Silva e da estagiária Lúcia Pereira, ficaram de confirmar a sua viabilidade.

Esperemos que o grupo seja ainda maior.

Alunos envolvidos no projeto: Diana Cerqueira Macedo de Azevedo

Data: 20/03/17

Partilha esta reportagem em