A Lagoa de Casal de Cambra

Lagoa de Parque Urbano de Casal de Cambra está tão poluída que os animais que lá vivem estão a morrer. Alunos estão preocupados com a transmissão de doenças.


Lagoa de Parque Urbano de Casal de Cambra

A lagoa de Casal de Cambra, situada no Parque Urbano, está muito poluída. Nós, autores desta notícia, achamos que a junta de freguesia deveria melhorar as condições da lagoa.

Estivemos a observar a lagoa e reparámos que há várias coisas que se podiam ser feitas no sentido de melhorar o seu estado: esvaziá-la regularmente, limpando o seu fundo; reparar os repuxos fazendo com que a água circule melhor e aparar bem as árvores que existem à sua. Tudo isto permite dar um melhor aspeto ao Parque Urbano, tornando-o mais bonito e melhorando o meio ambiente.

A poluição da lagoa afeta os animais que lá vivem (carpas, cágados e várias espécies de patos), fazendo com que fiquem doentes ou morram. Há cadáveres de animais mortos em decomposição.  A questão das doenças é muito complicada, até porque podem transmiti-las às para as pessoas que visitam a lagoa.

Nós somos da opinião que uma Associação de Proteção dos Animais deveria ser contactada, no sentido de averiguar se os animais que lá vivem têm doenças. Assim podia-se tratar os animais e evitar que essas doenças fossem passadas para os seres humanos.

Com isto concluímos que a lagoa de Casal de Cambra está muito poluída e que a Junta de Freguesia de Casal de Cambra deveria tomar serias medidas para a melhorar. Até porque não nos podemos esquecer que é importante que o Parque Urbano, onde de situa a lagoa, seja um sítio agradável para se estar com a família e amigos.

 

Alunos envolvidos no projeto: Diogo Silva nº4 Diogo Rodrigues nº5 do 8º. C

Escola: Escola Básica 2,3 Professor Agostinho da Silva

Data: 26.03.2018

Partilha esta reportagem em