A diversidade de sabores e produtos biológicos

Pelas ruas de Rio de Mouro, surgem por todo o lado hortas e campos urbanos com um sentido muito amigo do ambiente. É nestes micro-fúndios que surgem os melhores produtos presentes na mesa dos portugueses, derivados de pessoas que cultivam as suas sementes com todo o carinho, alegria e felicidade agradando também a mãe natureza.


Quando se atravessa a estrada que liga Rio de Mouro à Serra das Minas, é possível observar do lado direito, uma imensidão de campos agrícolas fumentados por pessoas que amam a terra que pisam, ou seja, tem gosto pelo que fazem, depositando em todo aquele solo a sua pureza e imensidão de carinho nos produtos que cultivam e colhem. Estima-se que os produtos oriundos destas pequenas plantações e das grandes plantações biológicas são muito benéficas para quem as consome, não só pelo seu alto teor de felicidade que neles é depositada (nos produtos) mas também na forma como são cultivados, pois não necessitam de inseticidas, pesticidas ou outro produto químico nocivo para a nossa saúde.

Numa pequena conversa realizada para esta reportagem feita ao Sr. António Martins, é possível sentir que quem cultiva e dedica o seu tempo a estas terras, consegue absorver através da mãe natureza, múltiplas partículas de alegria, felicidade, motivação, que faz com que  continuem com aquela atividade por longos anos. Estes sentimentos também são motivados com  a ajuda da Junta de Freguesia de Rio de Mouro e pela Câmara Municipal de Sintra, que tudo fazem pelos seus habitantes, pois de, tempos em tempos, ajudam também a preservar esta agricultura biológica e amiga do ambiente.

Por isso é importante e necessário a compra de produtos biológicos, provenientes de uma agricultura sustentável de modo a promover um bem-estar entre todos.

Em suma, para que todos tenhamos acesso a um mundo sustentável e a uma agricultura amiga do ambiente e do nosso organismo, devemos defender quem a tenta defender, unificando cada apoiante num só ponto de reflexão e ação.

 

 

Alunos envolvidos no projeto: João Pedro Costa

Escola: Escola Sec. de Leal da Câmara

Data: 15.04.2018

Partilha esta reportagem em