Jovem Repórter e Cientista Português Premiado

Um dos mais antigos Jovens Repórteres para o Ambiente da rede nacional e investigador no Centro de Investigação em Biodiversidade e Recursos Genéticos (CINIO-InBIO), foi distinguido com o European Early Career Conservation Award, pelo seu contributo como jovem investigador, assim como, por uma comunidade científica mais diversa.

Ricardo Rocha, na sua ainda curta carreira, conta com mais de 40 artigos científicos publicados, tendo participado em vários estudos que envolvem a comunidade de morcegos. 

Recentemente, e no âmbito do seu papel muito ativo nas áreas da sensibilização e educação ambiental, participou numa das Reuniões Nacionais JRA intitulada “Covid-19 e a Biodiversidade“, onde teve oportunidade de desmistificar algumas superstições e visões negativas associadas ao morcego, como responsável pela propagação da doença SARS-CoV-2.

Esta sua narrativa inspirou a realização de três trabalhos que podem ser consultados na plataforma JRA, descritos em seguida:

O Possível Medo da Natureza – artigo de opinião da autoria de Tiago Rocha da Escola Secundária São Pedro do Sul, inspirado na reunião JRA Nacional, referida acima, onde foi debatida a possibilidade de se ter criado aversão à natureza, mais especificamente à comunidade de morcegos, por se julgar ser uma das causas da pandemia que assola o mundo.

– O trabalho premiado na categoria de Podcast da autoria de Miguel Truta, da Escola EB 2,3 André Soares –Vamos culpar o Morcego?  O entrevistado Ricardo Rocha traz um aviso sobre a culpabilização do morcego e visão muito interessante sobre o morcego e o coronavírus e todas as dinâmicas com a biodiversidade”.

– Da autoria de Miguel Truta e Gustavo Santos da Escola EB 2,3 André Soares, falam-nos do fenómeno de Gaslighting e respetivas implicações para a sociedade e para o ambiente – “Gaslighting”, o perigo para os morcegos e para o mundo – que contou com o contributo de Ricardo Rocha.

X