4 reportagens do mês distinguidas no mês de maio

No passado mês de maio foram destacados 4 trabalhos, nos formatos de artigo, fotorreportagem, videorreportagem e podcast.

O artigo selecionado – Deserto Verde, uma realidade nortenha  é da autoria do JRA Freelancer Diogo Martins. Este artigo fala-nos acerca do empobrecimento acelerado das massas florestais, consequência da falta de gestão das florestas, revelando-nos que o norte de Portugal e da Galiza apresentam o pior índice de qualidade de massas florestais da Península Ibérica. 

A Rápida Ação dos Caracóis foi a fotografia selecionada da autoria das alunas Beatriz e Mariana Barbosa da Escola Básica e Secundária de Canelas. A fotografia retrata dois caracóis que devoram as folhas dos vegetais de uma horta onde é praticada agricultura biológica, que por não utilizar produtos químicos de síntese, promove o aparecimento de algumas pragas.

A terceira categoria de reportagem premiada foi atribuída à videorreportagem O Apicultor Escritor da autoria de Luís Martins, JRA Freelancer. Segundo José Barroco, professor e apicultor em Braga, a apicultura tem um papel importante para estimular a polinização e a produtividade das plantas, e consequente vital para o setor da agricultura.

Finalmente, a última categoria de reportagem premiada foi atribuída ao podcast da autoria de Diogo Maia Brito, JRA Freelancer  Lobos e Tapadas. Este episódio do podcast “Sim, Mas… ” fala sobre o Centro de Recuperação do Lobo-ibérico, que fica paredes-meias com a Tapada Nacional de Mafra.

A Reportagem do Mês é uma iniciativa que visa incentivar a participação contínua no projeto Jovens Repórteres para o Ambiente (JRA), premiando as melhores reportagens publicadas em cada mês. Este desafio, que conta já com sete anos, decorre entre os meses de janeiro e maio. Durante estes meses pretende-se destacar artigos, fotorreportagens, vídeorreportagens e Podcast’s  que tenham sido publicadas na plataforma JRA nesse mesmo mês. 

X