Sílvia Alves

By | Seminário 2018
 

Sílvia Alves
1984 – 1993: Antena 1 – realizadora
1993 – 1996: XFM
2001 – 2003: VOXX
Desde 1991: RTP – Caderno Diário (redactora, apresentadora); Jornal Jovem (co-autoria, apresentação, reportagem); Cais do Oriente, Planeta Azul
Desde 2005: desenvolvimento de projectos e parcerias nas áreas de cidadania, saúde, ambiente e ciência (CN UNESCO, FCT, Aliança Europeia contra a Depressão, Forestis, Plano Nacional de Leitura, APA, ABAE); criação e colaboração workshops sobre ambiente/ alterações climáticas
Desde 2016: jornalista/ autora do Postal da Grande Guerra (evocação do centenário da Grande Guerra) RTP2/Jornal 2; autora do Há 100 anos (imprensa e música) Antena 2
Licenciatura em Línguas e Literaturas Modernas (FL-UL)
Pós-graduação em Ecologia Humana e Problemas Sociais Contemporâneos (FCSH-UNL)
Estudos Avançados em Ciências da Comunicação (UMinho)

Fátima Galhardo

By | Seminário 2018
 

Maria de Fátima Raimundo Galhardo
Maria de Fátima Raimundo Galhardo, nasceu a 4 de Janeiro de 1975 e tem um filho. Reside na União de Freguesias de Coruche, Fajarda e Erra. Academicamente é licenciada em Engenharia Biofísica – Gestão e Ordenamento do Território pela Universidade de Évora. A nível profissional desempenhou várias funções quer a nível público quer privado. Foi formadora no Instituto do Emprego e Formação Profissional de Évora, desempenhou funções de Animadora Cultural na EB 2/3 Dr Armando Lizardo em Coruche. Foi responsável pelo estudo fito-sociológico na Reserva Natural do Paul do Boquilobo integrado no Plano Diretor Municipal (PDM) da reserva na qualidade de colaboradora externa do instituto da conservação da natureza e da biodiversidade(ICNF). Foi co-responsável pela elaboração do estudo da codificação de zonas húmidas na reserva natural do Paul do Boquilobo: aplicação do Med Wet.
É ainda membro do Conselho Nacional da Associação Bandeira Azul da Europa na constituição do Programa Europeu Eco XXI.
Membro do conselho municipal de Educação Membro do conselho Local de Ação Social Membro da plataforma supra concelhia da segurança social; Membro do Conselho Geral do Agrupamento de Escolas; Membro da CPCJ; Membro da Rede Social; Membro da Secção Municípios de Áreas de Paisagens Protegidas – Secção da ANMP;
Foi Adjunta nos mandatos autárquicos de 2001-2005; 2005-2009; Nas eleições autárquicas de 2009 foi eleita Vereadora a tempo inteiro pelo PS.
Nas eleições autárquicas de 2013 assume funções de Vice-Presidente da Câmara Municipal de Coruche;
A nível político integra o PS Coruche, como membro do Secretariado, e é Conselheira Distrital do PS na Federação de Santarém.

António Cunha

By | Uncategorized
 

António Cunha
Mestre em Ensino de Informática e com uma pós-graduação em Tecnologias de Informação e Comunicação, especialização Multimédia. Docente na Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV), há mais de 20 anos, na área da informática e na coordenação de cursos de Audiovisuais e Multimédia.
Nascido em Terras de Bouro, em pleno coração do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG), é um apaixonado pela natureza e pelas caminhadas. É aquilo a que Miguel Torga apelidou de “geógrafo insaciável” e, enquanto calcorreava, semanalmente, as Serras do PNPG, cresceu uma nova paixão: a fotografia. Da conjugação destas duas paixões: natureza e fotografia, tem resultado, essencialmente, um trabalho de registo e de divulgação das belezas naturais do único Parque Nacional existente em Portugal

Mafalda Martins Paulino

By | Uncategorized
 

Mafalda Martins Paulino
Aluna da Escola Cidade de Castelo (Agrupamento Nuno Álvares) Frequenta escolas deste agrupamento desde o 1º ano de escolaridade.
Nasceu em 26-02-2004, tem 14 anos.
Frequenta o 9º ano.
É natural de Castelo Branco, cidade onde reside.
Pratica badmington.
Nos tempos livres, vê filmes de acção, séries e vídeos do youtube.
Gosta de estar em contacto com a natureza, nomeadamente numa aldeia próxima de Castelo Branco, onde passa alguns fins de semana.

 

Nuno Vasco Rodrigues

By | Seminário 2018
 

Nuno Vasco Rodrigues
é apaixonado pelo Mar desde que se lembra, tendo este modelado a sua vida desde muito cedo, apesar de ter crescido em Coimbra. Trabalha como Assistente de Curador do Oceanário de Lisboa, estando envolvido em diversos projetos científicos e de conservação.
Biólogo Marinho de formação e mestre em Estudos Integrados dos Oceanos, desenvolve investigação em ecologia marinha, particularmente na área dos peixes, sendo autor de diversos artigos científicos e de 3 livros sobre a fauna marinha. O mergulho, actividade que iniciou em 2000, permite-lhe estar mais próximo do mundo submarino que tanto o fascina. É Assistente de Instrutor e tem mais de 1000 horas submerso em diversos lugares do mundo, grande parte delas a estudar os animais marinhos e a fotografá-los. Através da fotografia tenta partilhar as maravilhas subaquáticas mas também alertar para as ameaças que os ecossistemas marinhos enfrentam nos dias de hoje especialmente devido às alterações climáticas, sobrepesca, destruição de habitats e poluição (particularmente por plásticos).

Website: www.nunovascorodrigues.com
Instagram: nuno_vasco_rodrigues

 

Paulo Barracosa

By | Seminário 2018, Uncategorized
 

Paulo Barracosa
Professor Adjunto da ESAV
Departamento de Ecologia e Agricultura Sustentável
Licenciado em Biologia pela Universidade de Coimbra (1997), mestre em Biologia Celular e Molecular na Universidade de Coimbra (2008), com provas públicas de aptidão científica para Prof. Adjunto. As áreas científicas na qual tem desenvolvido a atividade de docência e investigação vão desde o Paisagismo, Botânica, Bioquímica, Biologia Molecular até à Genética e Biotecnologia. É autor e co-autor de diversas comunicações e publicações científicas e desempenho funções de referee científico em revistas internacionais e avaliador de projetos. Ao longo deste trajeto, foi realizando um conjunto de projetos, procurando em cada momento, instituição e território, adequar o tema da investigação ao espaço e genius loci de atuação. Neste sentido a diversidade de atuação tem sido extraordinariamente lata, embora procurando sempre encontrar sinergias entre a (bio) diversidade genética, os recursos humanos e materiais em função dos objetivos e propósitos a que cada projeto se destinava, independentemente de serem mais de cariz científico, técnico ou até simplesmente pedagógico e cultural, ainda que na maioria dos projetos procure a complementaridade e sinergia destas três vertentes do saber. Participou em projeto de “Caracterização das variedades Portuguesas de Alfarrobeira (Ceratonia siliqua L.)”, “Estudos de caracterização florística de Lameiros da Região Dão-Lafões”, “Criação do Parque Botânico Arbutus do Demo”, “Pesquisa de Proteases Aspárticas no genoma de Vitis vinífera L.”, “Avaliação Biomecânica e Fitossanitária do Património Arbóreo da cidade de Viseu”, entre outros. Atualmente desenvolve estudos de “Caracterização de genótipos de Cardo (Cynara cardunculus) na área geográfica de denominação de origem protegida do Queijo Serra da Estrela” numa clara alusão à promoção dos nossos recursos endógenos, na lógica de que se conhecermos e caracterizarmos os nossos recursos podemos criar uma identidade e potenciar a sua promoção, divulgação e valorização económica

 

Tiago Carrilho

By | Seminário 2018
   

Tiago Miguel Correia Torcato Carrilho: Licenciado em Biologia Ambiental perfil Marinho pela Faculdade de Ciências em 2011. Guia e Animador do Jardim Zoológico desde 2006. Técnico educativo, responsável pelos programas educativos escolares, no Centro Pedagógico do Jardim Zoológico. Formador na área da Educação Ambiental.

 

 

Vera Novais

By | Biografias Seminário 2017, Seminário 2018
 

Vera Novais,
Comecei a fazer comunicação de ciência muito cedo, mas na altura não o sabia. Gostava muito das disciplinas ligadas às ciências naturais e passava o tempo a falar das matérias que tinha aprendido à minha família. Tirar o curso de Biologia foi um percurso óbvio. Gostei de fazer ciência, mas fui-me apercebendo (ou recordando) que gostava mais de falar sobre ciência. Fiz atividades de comunicação de ciência e educação ambiental no Jardim Zoológico de Lisboa e no Jardim Botânico de Lisboa. Quando fiz o mestrado em Comunicação de Ciência apaixonei-me pelo jornalismo de ciência. Sou, desde março de 2014, jornalista no Observador.

 

X