Em Oliveira de Azeméis faz-se Biocarvão 100% ecológico

Em Oliveira de Azeméis faz-se Biocarvão 100% ecológico

Em terra onde já houve a profissão de carvoeiro, a Ibero Massa Florestal é uma empresa localizada em Oliveira de CarvãoAzeméis que, com o apoio da Universidade de Trás-os Montes e Alto Douro, em Vila Real, e a Universidade de Aveiro, desenvolveu uma tecnologia inovadora e 100% ecológica, através do processo de pirólise lenta, para produzir um carvão com características revolucionárias, único na Península Ibérica e raro no mundo. O biocarvão é isento de chama, sem fumo, não emite gases tóxicos e possui um elevado poder calorífico.

O biocarvão Biopower para uso doméstico e o biocarvão Biochar/Ecochar para solos agrícolas e florestais estão a ser comercializados no nosso país, mas a empresa já está de olho na exportação para o norte e centro da Europa.

A fábrica utiliza como matéria-prima madeira de infestantes das florestas (acácia austrália e mimosa) para produzir biocarvão amigo do ambiente, sem gases tóxicos que contaminem o ar e os alimentos  e que reestrutura os solos agrícolas e florestais.Carvão_2

O Biopower é a bioenergia segura e ecologicamente limpa, cuja produção, através da pirólise lenta, não liberta gases de efeito de estufa para a atmosfera. Do ponto de vista da saúde, o biocarvão não contamina os alimentos com gases tóxicos ou potencialmente cancerígenos. O biocarvão também não faz fumo, nem faísca, e acende muito rápido, mantendo a temperatura uniforme, garantindo um tempo de queima mais longo.

Quando colocado na terra, o Ecochar não funciona como um fertilizante, mas sim como um íman que faz com que a água se acumule na superfície e que capte nutrientes que as plantas necessitem, reduzindo a necessidade de água em 40%. A aplicação deste produto, por exemplo, em hortas biológicas, culturas hortícolas, vinhas, olivais, pomares ou até mesmo florestas, é feita apenas uma vez e dura uma vida. Sem esquecer que, por cada quilograma de biocarvão deitado na terra, remove-se da atmosfera 3,5 quilos de dióxido de carbono.

Para se produzir biocarvão, o reator é carregado com madeira em bruto. Tapa-se o reator e garante-se uma atmosfera controlada. O reator é, então, colocado dentro de um forno (o calor externo aquece o interior), em que os gases libertados pela madeira funcionam como o próprio combustível, num processo de degradação/queima até se obter carvão.

O carvão amigo do ambiente feito com tecnologia 100% nacional, segura e fácil de utilizar. Antes de o biocarvão ser embalado, todas as fornadas são testadas num laboratório da fábrica para que o produto chegue como deve ser ao consumidor final.

A aventura começou a alguns anos e não irá parar por aqui. A Ibero Massa Florestal possui mais ideias inovadoras, futuras aplicações em grande escala, que já estão a ser investigadas pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e pela Universidade de Aveiro, antes de entrarem na fábrica de Oliveira de Azeméis.

Foto da Ibero Massa Florestal em https://www.publico.pt/2015/04/05/economia/noticia/em-oliveira-de-azemeis-fazse-biocarvao-que-nao-deita-fumo-e-e-um-iman-na-terra-1691360, consultada em 28 de janeiro de 2017

Foto da Ibero Massa Florestal em https://www.publico.pt/2015/04/05/economia/noticia/em-oliveira-de-azemeis-fazse-biocarvao-que-nao-deita-fumo-e-e-um-iman-na-terra-1691360, consultada em 28 de janeiro de 2017

Alunos envolvidos no projeto: Inês Cardoso Matos

Escola: Escola Secundária Soares Basto

Data: 03/02/17

Partilha esta reportagem em