O que acontece às Florestas?

O que acontece às Florestas?

Floresta defendida por todos? Não. A floresta é um ecossistema muito antigo que deve ser preservado. Contudo, encontra-se ameaçada e em declínio por vários fatores.

“As chamas lavram numa zona de mato, com uma frente ativa durante a tarde desta sexta-feira, segundo a ANPC. Também as chamas do concelho de Gondomar são combatidas por 85 operacionais, apoiados por 25 meios terrestres e dois meios aéreos.”, nos últimos tempos ouvimos relatos e noticias acerca do estado dos fogos florestais no nosso país.

Incêndio Florestal | VCP// MSP | sapo.pt

Todos os verões, vivemos momentos pesados tanto para os bombeiros como para as florestas. Todos os dias assistimos a notícias e relatos de fogos aqui e ali, enfim, espalhados por todo o território nacional. Qual o resultado disto? Hectares de área florestal destruída.

Portugal é dos países mais afetados da Europa por fogos florestais contabilizando-se na época do verão uma média de 200 fogos diários. As condições naturais em Portugal, um clima seco e ventoso torna-se um ambiente favorável à formação de incêndios de origem vegetal. A alternância de uma estação chuvosa com um período seco e quente permite a elevada produção de biomassa vegetal e também, chegado o Verão, condições para que essa biomassa arda facilmente.

Referente a este ano, em 2015 o Ministério da Agricultura anulou as candidaturas para a defesa da floresta contra os incêndios, isto é, não houve projetos aprovados para prevenir a ocorrência dos incêndios antes da sua época. Isto vem trazer consequências gravíssimas à floresta e à comunidade.

Isaltino Morais, ex-ministro do Ambiente, defende o regresso dos militares ao patrulhamento das florestas como havia acontecido no tempo da sua governação. Antigo ministro recorda a experiência de 2002 e diz que “não houve um único incêndio nas matas e florestas nacionais”.

Militares na Floresta| VCP// MSP | sapo.pt

Em conjunto com outros vegetais, a floresta reúne uma grande biodiversidade e concretiza um equilíbrio na Terra. É por isso um espaço que estando perto de nós, é de importância fundamental a sua manutenção e cuidado. É através delas que nós conseguimos respirar e viver, consideradas por ambientalistas os “pulmões do mundo”.

 

São fontes de matérias- primas, de madeiras. Protegem os nossos solos. Protegem a nossa água. Então porquê destruí-la?

Tal destruição não passa só pelos fogos florestais mas também pela construção de infraestruturas e pelas alterações climáticas.

 

É necessário reflorestar. É necessário explorar com peso e medida. Temos e devemos reunir esforços no sentido de defender esta valiosa fonte natural, que é nossa.

Paulo Alexandre Cardoso

28-08-2016

Alunos envolvidos no projeto: Paulo Alexandre Dias Cardoso (JRA free lancer)

Data: 28/08/16

Partilha esta reportagem em