Joana Pedro e Filipa Murta representam Portugal e JRA na COP 22

By 12/12/2016

 

A 22ª Conferência do Clima, COP 22, decorreu em Marraquexe. Tendo vários objetivos como base, o principal centrou-se em definir estratégias para que se materializasse o Acordo Mundial contra o aquecimento global, aprovado pelos principais líderes mundiais em 2015.

Filipa Murta e Joana Pedro, foram e continuam a ser, Jovens Repórteres para o Ambiente (JRA). Destacaram-se sempre com brilhantismo nas missões e atividades onde participaram, não foi por isso de estranhar que tivessem sido escolhidas para representar Portugal e o projeto JRA na COP 22.

A experiência das jovens foi muito positiva, entrevistaram várias personalidades, entre as quais o presidente da QUERCUS, João Branco; o presidente da ZERO, Francisco Ferreira e até Mateo Botero, um jovem colombiano fundador da ONG “Club Botânico Ambiental”. Assistiram a várias sessões, comunicações e estabeleceram contacto com inúmeras personalidades da área do ambiente

Terá sido, com certeza, um momento importante na vida destas Jovens portuguesas, que se portaram à altura das expectativas que pairavam sobre ambas.